Actoil

Blog Actoil

Voltar

5 dicas para economizar combustível e estender a vida útil do caminhão

19 ago

Alguns hábitos aparentemente inofensivos podem trazer danos e aumentar o gasto de combustível dos caminhões. Descubra quais são.

Alguns hábitos, aparentemente, inofensivos podem trazer danos e aumentar o gasto de combustível dos caminhões. Confira as dicas para dirigir de maneira eficiente, economizando diesel e estendendo a vida útil do veículo:

Não andar na banguela: Dirigir em declives com o veículo desengatado, em ponto morto. Além de ser contra a lei, o veículo desengatado fica no regime de marcha lenta, gastando combustível. No caso de motores a diesel, com a marcha engatada, o consumo é zero, pois o próprio peso da carreta faz o sistema de combustível entrar em corte. Além disso, na banguela a caixa de transmissão não recebe a lubrificação correta, podendo ser danificada. O caminhão engatado adere melhor ao solo dando maior segurança.

Não cambiar em altas rotações: A maioria dos caminhões novos tem o tacômetro ou conta-giros, uma faixa verde que indica a rotação ideal do motor para a troca de marchas, servindo de guia para evitar acelerações desnecessárias, uma das principais formas de desperdiçar combustível. Manter o giro constante e a mínima pressão no acelerador diminui a necessidade de trocas de marchas e ajuda a explorar ao máximo a faixa de maior torque do motor.

Não pisar duplamente na embreagem: Está entre os hábitos de maior desperdício desnecessário de combustível. Consiste em pisar duas vezes na embreagem durante as trocas de marcha, acelerando nos intervalos. Popular em caminhões antigos, em veículos novos não tem justificativa, pois pisando uma vez o veículo já estará debreado e as acelerações são mais uma maneira de desperdiçar combustível.

Não trafegar com excesso de peso: Além de contra a lei, prejudica a manutenção do caminhão, principalmente, dos pneus. Puxar uma carga mais pesada exige maior força do motor e aumenta o consumo de combustível.

Manter a pressão correta dos pneus: O hábito influencia em até 30% no desempenho. Além dos pneus, a manutenção geral é princípio básico para a economia, como checar o óleo.

Fonte: Associação de Caminhoneiros Autônomo Nacional (ACAN).

Comentários 0